Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Quarta, 29 de junho de 2022
MENU

Policial

Seis cearenses morrem em troca de tiros com a polícia após crimes em Castelo e Picos

Ainda é cedo para dizer se os dois grupos criminosos tem ligação direta, mas chama atenção o modus operandi como agiram.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Ainda é cedo para dizer se os dois grupos criminosos tem ligação direta, mas chama atenção o modus operandi como agiram em Castelo do Piauí e na região de Picos. Eles praticavam sequestros relâmpagos e roubos. Em pouco mais de 24 horas, pelo menos seis cearenses morreram após dispararem contra policiais do Ceará e do Piauí.

Na noite desta quarta-feira (18) policiais da Equipe do Patrulhamento Rural da Força Tática do 4º BPM de Picos estava em patrulha na zona rural de Geminiano, às margens da BR-407, quando ao tentar abordar um veículo suspeito foram recebidos a bala e, no confronto os criminosos levaram a pior. São eles: L.S.P de 35 anos, natural de Milhã-CE, C.S.R de 45 anos, natural de Fortaleza-CE e C.F.N de 39 anos, natural de Pedra Branca-CE.

O outro caso aconteceu na tarde terça-feira (17) dois criminosos foram presos (Antônio Danilo e Pablo) e outros três morreram em troca de tiros com a Polícia Militar do Ceará na zona rural de Crateús-CE. Eles assaltaram o agricultor Inácio Júnior, em uma fazenda da região de divisa no Ceará e em seguida sequestraram o empresário Júnior Bandeira em Castelo do Piauí, libertado sem ferimentos. Foram a óbito Illan Silva, Francisco Germano e um homem identificado apenas Chavoso. 

As policias do Piauí e Ceará devem agora investigar se há ligação entre os dois grupos que agiam em diferentes regiões do Piauí.

aa

Criminosos que perderam a via após sequestro em Castelo do Piauí.          

Fonte/Créditos: Fonte: Wesslley Sales

Comentários:

Publicidade
Publicidade