Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Sexta, 21 de janeiro de 2022
MENU

São Miguel do Tapuio

São Miguel do Tapuio está entre as 30 cidades do país com maior incidência de raios; veja como se proteger

Não manusear equipamentos conectados à rede elétrica e não permanecer em janelas ou varandas durante um temporal estão entre as dicas dadas pelo climatologista Werton Costa.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

ll

O Piauí registrou mais de 47 mil descargas elétricas entre os dias 1º e 6 de janeiro, conforme dados da rede de monitoramento Earth Networks. O município de São Miguel do Tapuio, no Norte do estado, contabilizou 6.787 raios, uma média de 1.131 por dia, e está entre as 30 cidades brasileiras com maior incidência.

De acordo com o climatologista Werton Costa, a concentração de descargas elétricas está associada ao período chuvoso, que tem como característica uma distribuição maior de nuvens, como as Cumulonimbus.

"Essa distribuição reflete o caminho dos sistemas de instabilidade. Existe o corredor de umidade do Ceará e da região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). Piracuruca, Alto Longá e Brasileira estão no mesmo corredor de umidade, por exemplo", comentou Werton.

 
kk
Segundo o levantamento, o Piauí ocupa o nono lugar no ranking de estados do Brasil com maiores registros de descargas elétricas nos primeiros dias de 2022, com o número total de 47.020. Em primeiro lugar, está o Mato Grosso do Sul, com 320.656. Em último, Alagoas, com apenas 23 registros.
"Os principais focos de descarga elétricas foram aqueles oriundos de nuvens que vieram do Atlântico Tropical, sob influência da zona de convergência intertropical (zcit) e o outro entrou pela faixa Matopiba, a faixa serradeira", informou o climatologista.
 
kk

Cuidados durante uma tempestade

 

No último domingo (2), um rebanho de 32 ovelhas morreu após um raio atingir a árvore onde os animais estavam abrigados, no interior de Novo Santo Antônio.

Ao g1, Werton destacou que é necessário que a população fique atenta a algumas dicas para se proteger da grande quantidade de raios:

 

  • Não manusear equipamentos de natureza elétrica ou eletrônica conectado à rede elétrica, principalmente celulares;
  • Não permanecer em janelas ou varandas durante um temporal;
  • Caso esteja em áreas abertas, como parques, praias ou campos de futebol, o ideal é buscar abrigos.

 

“É uma condição de risco. Esse abrigo não pode ser jamais com árvores, pois a descarga elétrica é atraída", completou o climatologista.

Fonte/Créditos: G1

Comentários:

Publicidade
Publicidade