Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Quarta, 29 de junho de 2022
MENU

Juazeiro do Piauí

Prefeito Wilson Gomes, de Juazeiro do Piauí, paga os salários de todos os professores da rede municipal mesmo com a greve geral

_Salários caíram na conta com o aumento de 20% aprovado pela Câmara Municipal_

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O prefeito Wilson Gomes, de Juazeiro do Piauí, efetuou nesta sexta-feira (29) o pagamento de todos os professores da rede municipal do município, com o aumento de 20% no piso salarial proposto pelo gestor e aprovado pela Câmara esta semana, mesmo os servidores da educação estando em greve geral desde o dia 06 de abril. 

Kk

Além do salário de abril com o reajuste, foram pagos os valores correspondes aos reajustes de janeiro, fevereiro e março. Com isso, todos os servidores municipais da educação passam a ficar com seus salários em dia.

Com essa atitude o prefeito, de certa forma, dá uma guinada positiva nas peças do tabuleiro desse conflito entre gestão municipal e professores por conta da reinvincação do aumento de 33,24% aprovados pelo governo federal. 

Kkkk

Foi ventilado que, segundo decisão do Supremo Tribunal Federal, um gestor não seria obrigado a efetuar o pagamento de servidores em greve. A professora Sandra Verônica informou ao WebTVCastelo que, na verdade, essa desobrigação só seria efetiva caso a reinvindicação da categoria não fosse legítima. E, como o gestor municipal está descumprindo uma lei federal, a greve dos professores é legítima.  Veja abaixo uma nota da representação dos professores da rede municipal de Juazeiro do Piauí:

Kk

"Em nenhum momento, durante a greve, faltamos com a verdade. Nunca dissemos que estávamos sem receber ou com os salários atrasados. A greve é por conta do descumprimento da   Lei Federal 11738, que nos garante um reajuste todos os anos no mês de janeiro, que assegura um reajuste de acordo com o percentual de crescimento do valor aluno, que para o ano de 2022 foi de 33,24%. O fato do prefeito ter mandado um projeto 'inconstitucional' para a Câmara, que foi aprovado por maioria simples, não faz com que nossa luta cesse. Iremos continuar lutando pelo que é nosso por direito. 

O gestor pagar o retroativo que foi gerado por   sua falta de gestão, não é favor, é obrigação. Pagar 1/3 de férias e metade do décimo terceiro salário no mês de aniversário também nos é garantido por lei.  Portanto não há nenhuma vantagem nisso.

O município de Juazeiro é o único no território dos carnaubais que paga um salário para professores iniciantes abaixo do piso nacional que é de R$ 3.845,63 para 40 h.

Kk

A tabela que vem sendo publicada por alguns servidores contratados e comissionados em seus status com o intuito de colocar os pais contra os professores é mentirosa, pois os valores das segundas colunas são apenas para professores classe E (doutorado) e Juazeiro não possui nenhum professor com essa titulação e temos apensas um professora que é classe D (mestrado), a grande maioria de nossos professores estão nas classes B (licenciatura) e classe C (pós-graduação).

Kk

Vale ressalvar ainda que os valores contidos na tabela acima não são o que de fato recebemos em nossas contas, pois sobre esses valores ainda incidem os descontos de 14% da previdência, 1% do sindicato, para aquele que são sindicalizados, e o imposto de renda que varia entre 7,5% a 27,5% a depender da faixa salarial.

Kkk
Infelizmente o que se observa com a publicação dessa tabela nesses status é uma tentativa de manipulação da população, principalmente dos pais e alunos, contra os professores. O prefeito e seus apoiadores sempre rotularam o movimento grevista de politiqueiro, mas aqui fica claro quem faz politicagem e manipulação da opinião pública em Juazeiro do Piauí.

O sindicato mantém a greve pois dos 33,24% que a lei federal nos concedeu o prefeito pagou apenas 20%."

Ouvimos também alguns Pais e alunos que relataram à nossa redação das grandes dificuldades enfrentadas em meio a esse conflito gestão x professores. "É triste ver meu filho ser prejudicado por essa situação e uma coisa que não sei mais o que fazer" disse um pai de aluno a nossa redação. Muitos colegas meus tem ido para outras escolas por conta desse problema aqui em Juazeiro, fico triste já até chorei" disse um aluno que se diz triste com a problemática na qual passa a cidade de Juazeiro do Piauí entre professores e município.

Fonte/Créditos: Webtvcastelo.com.br

Créditos (Imagem de capa): webtvcastelo

Comentários:

Publicidade
Publicidade