Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Sexta, 21 de janeiro de 2022
MENU

Policial

Polícia do Ceará prende fazendeiro campomaiorense acusado de latrocínio e roubo de animais

Ele também já responde pelo crime de tráfico interestadual de drogas.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Policiais da cidade de Tauá, no Estado do Ceará, prenderam na noite dessa quarta-feira (12), um fazendeiro campomaiorense identificado como Neto Cotovelo, que está sendo acusado de receptação de animais roubados. De acordo com a polícia, Neto também tem mandado de prisão em aberto pelo crime de latrocínio, que teria sido cometido na cidade de Presidente Dutra, no Maranhão.

Ele também já responde pelo crime de tráfico interestadual de drogas. Ele foi preso pela Polícia Militar do Ceará, após investigação que contou com a colaboração da Polícia Civil de Campo Maior, através da 5ª Delegacia Regional.

De acordo com o tenente Ricardo Silva, da PM do Ceará, o trabalho de investigação começou já alguns meses. De acordo com o militar, Neto é o principal acusado de ser receptador de uma grande quantidade de animais no município Cearense.

O militar confirmou que Neto Cotovelo tem uma fazenda em Campo Maior e que contou com a colaboração da equipe de inteligência campo-maiorense para conseguir identificar o acusado.

Em sua defesa, Neto teria dito para os policiais que não faz receptação de animais roubados, mas sim faz compra e vendas de animais nos Estados do Piauí, Ceará e Maranhão.

HISTÓRICO- O roubo e vendas clandestina de animais já vem sendo investigado já algum tempo pelas polícias de Campo Maior, em parceria com as polícias do Ceará e Maranhão. A Secretaria de Segurança atendeu a um requerimento da ALEPI, (Assembleia Legislativa), e determinou que fosse formada uma Força Tarefa para coibir esse crime.

Fonte/Créditos: Portal de Campo Maior

Comentários:

Publicidade
Publicidade