Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Sexta, 21 de janeiro de 2022
MENU

Piauí

Hospital de Barras abre sindicância para investigar morte de bebê de 11 meses

O menino Francisco Nícolas, de 11 meses, faleceu na última segunda-feira (10), dias depois de receber alta do hospital.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Hospital Leônidas Melo, da cidade de Barras, abriu uma sindicância para investigar as causas da morte do bebê Francisco Nícolas, de 11 meses. O menino faleceu na última segunda-feira (10), dias depois de receber alta do hospital. Um processo administrativo também foi iniciado no Hospital.

De acordo com o Hospital Leônidas Melo, Francisco Nícolas deu entrada no hospital na quarta-feira (5) e recebeu alta três dias depois, no sábado (8), ele recebeu alta. O hospital não informou em que estado de saúde o menino chegou.

Hospital de Barras abre sindicância para investigar morte de bebê de 11 meses — Foto: Reprodução

No dia seguinte, domingo (9), a família levou o menino novamente ao Hospital. Uma foto divulgada pela família nas redes sociais mostra uma mancha arroxeada na mão da criança, que teria motivado o retorno ao hospital.

Ainda segundo o hospital, o quadro de saúde da criança era grave, e ele foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O menino foi levado para a emergência pediátrica, com quadro de infecção grave e parada cardiorrespiratória, e não resistiu.

Hospital Regional Leônidas Melo, na cidade de Barras - Piauí — Foto: Portal A Grande Barras

Leia abaixo a nota do Hospital Leônidas Melo na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Hospital Regional Leônidas Melo informa que uma sindicância interna foi aberta nesta terça (11) pela direção acerca da causa de falecimento da criança Francisco Nícolas de 11 meses durante esta segunda-feira (10).

Informa-se ainda que a vítima deu entrada no serviço médico do Hospital na quarta (05) de janeiro, no sábado (08) o paciente recebeu alta, no entanto, retornou ao Hospital Leônidas Melo no domingo (09) com o agravamento foi encaminhado pela regulação para um Hospital de alta complexidade em Teresina.

Além da sindicância que investiga o óbito, um processo administrativo será aberto.

O Hospital Leônidas Melo também se coloca à disposição e se compromete em contribuir sem medir esforços nesta causa.

Lamentamos profundamente a dor da família com a perca prematura de Francisco Nícolas.

Fonte/Créditos: g1/Piauí

Comentários:

Publicidade
Publicidade