Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Quarta, 29 de junho de 2022
MENU

Policial

Família busca idoso que está desaparecido há 26 dias no Piauí

Luis Leandro é casado e tem duas filhas, e uma neta.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma família está há 26 dias a procura do idoso Luis Leandro Gomes, de 60 anos, que desapareceu no dia 25 de maio deste ano na Usina Santana, na zona Rural de Teresina.

De acordo com Maria Neuza, que é casada com um primo de Luis, as buscas iniciaram no dia 25 de maio após ele sair de sua residência no Alto da Ressurreição, na zona Sudeste de Teresina, para uma casa que possui no assentamento Grampol, na Usina Santana.

“Ele estava meio depressivo, e um dia antes dele desaparecer chegou a se consultar com uma médica no Cras. No dia seguinte ele foi para o assentamento, conversou com os vizinhos, merendou e depois trocou de roupa e saiu para a roça. Foi de bicicleta, só que lá nessa roça, ele deixou a rede, lanterna e bicicleta, e entrou na mata só com os documentos, e nunca mais voltou”, afirmou.

Foram realizadas buscas no local pela Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, mas ele não foi localizado. No domingo (19) a família recebeu a informação que ele tinha sido visto em Altos e foram para a cidade, mas não conseguiram localizar ele.

“Desde que ele desapareceu, fizemos buscas saindo do assentamento até Campo Maior, que é a cidade natal dele, mas ainda não foi localizado. Também pregamos vários cartazes, mas não recebemos nenhuma informação verdadeira. Chegaram a dizer que ele tinha sido encontrado morto em um poço, mas na verdade era um animal. Ontem recebemos essa informação sobre ele estar em Altos, onde acreditamos que poderia ser verdade, mas não encontramos ele”, explicou Maria Neuza.

Ela afirmou que a família está preocupada e pede que se alguém tiver informações, que ligue para o seu telefone (86) 99925-6323, ou para o telefone da esposa de Luis, Zélia (86) 98842-1169, ou para Alda no (86) 98816-7477.

“Estamos muito preocupados, achamos que talvez ele tenha tido algum tipo de surto, já que ele estava depressivo e um dia antes tinha ido se consultar no Cras. Ele é uma pessoa muito boa. É primo, mas como irmão do meu esposo, e me preocupo muito com ele. Se alguém souber de algo, por favor, que nos informe”, afirmou.

Luis Leandro é casado e tem duas filhas, e uma neta.

Fonte/Créditos: Cidadeverde.com

Créditos (Imagem de capa): Arquivos Pessoais

Comentários:

Publicidade
Publicidade