Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Domingo, 05 de dezembro de 2021
MENU

Coluna

Você se lembra?

Curiosidades sobre a recém reformada Praça Rui Barbosa, em Campo Maior.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Hora de relembrar outro ícone campomaiorense aqui no portal. Esses dias, escrevendo sobre a professora Mariema Paz, me veio o nome de uma praça muito tradicional em Campo Maior e que, durante muito tempo, foi o principal ponto de encontro da juventude e da sociedade em geral. Trata-se da Praça Rui Barbosa, reinaugurada dia 08 de agosto desse ano de 2021, por ocasião dos 259 anos de emancipação política da capital dos carnaúbais. 

Pode ser uma imagem de árvore e céu

Torne-se um profissional na área de auxiliar veterinário. Saiba como.

Contornada pelas ruas Sen. José Eusébio, Capitão Manoel Oliveira, Quintino Bocaiuva e os fundos da Catedral de Santo Antônio, está situada a pequena e belíssima Praça Rui Barbosa, com seus canteiros, suas flores, seus bancos e seu famoso coreto. Muito bonita, muito limpa, muito bem iluminada e muito convidativa, inspira as pessoas a simplesmente virem aqui e tirarem fotos, aproveitando o cenário que, sem dúvidas, já se tornou o mais novo cartão postal de nossa cidade. Digo mais novo porque a reforma é bem recente. Mas a praça mesmo remonta aos anos 30. 

Para obter informações sobre a praça bati palmas no casarão que fica na sua lateral, na Rua Quintino Bocaiuva. Uma senhora muito simpática me atendeu, mas ainda pela janela, atrás de suas rígidas grades de proteção. Um pouco de conversa e logo eu estava assentado em sua área onde pude aprofundar o assunto e extrair pérolas preciosas sobre nossa pauta. Dona Maria do Amparo Andrade de Araújo, parente distante do ex-prefeito Raimundinho Andrade, me contou que nasceu naquele casarão que já havia abrigado os pais dos pais de seus pais. Olha que interessante! Funcionária aposentada do INSS, dona Amparo, do alto de seus pouco mais de 70,  e muito lúcida, tem muitas histórias pra contar. O que é muito bom para quem está ávido por ouvi-las. 

Pode ser uma imagem de ao ar livre e árvore

Curso de manutenção de aparelhos celulares. Seja seu próprio patrão.

Pra começar, o seu casarão foi tombado como patrimõnio histórico da cidade. Muitas histórias já ocorreram ali. Seu avô era funcionário público federal e o casarão, ou parte dele, já foi sede de órgãos públicos e também de estabelecimentos comerciais de sua família. Atualmente, por ser muito grande, ali existem apartamentos de aluguel. Aquele casarão é uma grande testemunha da história de nosso logradouro público em apreço. 

Pode ser uma imagem de céu

EmagreçAmente - emagrecer através de programação neurolinguística

Dona amparo tem lembranças da primeira praça, que foi uma construção, empreendida pelo então prefeito cel. Chico Alves. O coreto já constava no projeto inicial. As crianças brincavam alegremente naquele espaço e os namorados se encontravam ali. Tinha muita vida e muita alegria.

Mas... o tempo passa. Outros administradores municipais foram entrando e cada um tinha a sua visão. Dona Amaparo lembra que haviam ali muitas figueiras. Tinha uma em cada canto da praça, e não somente na praça, mas em todo o entorno dela. Haviam muitas ali. Porém as figueiras atraíam um certo inseto conhecido como "lacerdinha", pequenininho mas muito incômodo, tão incômodo que chegou a obrigar o prefeito João de Deus Torres a se livrar das figueiras. Mandou cortá-las todas. Uma pena! 

Daí em diante cada prefeito mofificava conforme queria e a praça Rui Barbosa foi se perdendo com o tempo. Até porque o movimento do comércio e da vida boêmia da cidade foi ganhando outros contornos. Houve um momento mesmo em que ela estava abandonada, entregue ao lixo e à vontade dos frequentantes das festividades que ocorriam na Praça Bona Primo. Era escuro e as ruas por trás da igreja eram pouco movimentadas. Houve ocasião em que a polícia teve que enquadrar casais que passavam dos limites se abrigando na escuridão da antiga praça, o que era um tormento para os moradores do entorno. Sem falar que os moradores não se sentiam seguros para sair de casa à noite ou mesmo para praticar um antigo e salutar hábito, que era o de sentar em suas portas para conversar. 

A reforma da praça já era uma promessa antiga. E agora, nesse ano de 2021, ela se cumpriu. 

"Deus ouviu as minhas preces e alegrou o meu coração", disse dona Amaparo. 

A praça Rui Barbosa agora é outra. O bom e velho coreto está de volta, só que agora mais moderno e espaçoso. A pandemia está passando e os eventos voltando. As famílias estão de volta na praça, e os casais que se portam adequadamente estão novamente ali. A vida e o espírito da boa e velha Praça Rui Barbosa retornaram. As trevas se dissiparam e já não abrigam os mal-intencionados. A praça está muito bem iluminada e conta com vigilantes noite e dia. Uma tranquilidade para os moradores dali. O verde impera. Os detalhes na arquitetura encantam. As flores, as pequenas palmeiras, as carnaubeiras e a grama enchem os olhos. Dá vontade de ficar ali horas a fio. 

Pode ser uma imagem de árvore e céu

Receitas de comidas caseiras para o seu pet.

De fato, quem dera que em cada bairro, nobre ou de periferia, houvesse uma pracinha tão graciosa. Esperamos sinceramente que cada vez mais administradores municipais olhem com tamanha sensibilidade para os espaços públicos e as áreas de convivência, que são a vida da cidade e fazem tão bem aos seus munícipes  quando são bem cuidados. 

Pode ser uma imagem de árvore e ao ar livre

E você? Tem alguma história com a Praça Rui Barbosa? Compartilhe com a gente.

Por Walton Carvalho

Comentários:

Publicidade
Publicidade