Web Tv Castelo - Sua fonte de notícias na cidade

Domingo, 05 de dezembro de 2021
MENU

Coluna

Visite a Cachoeira da Bica, um belo ponto turístico em Jatobá do Piauí

A cachoeira da Bica fica a 43km da zona urbana de Campo Maior, mas já compreendendo a área do município de Jatobá do Piauí.

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Para os amantes de uma natureza bem selvagem, daquelas que parecem nunca ter pisado alguém, o Conheça o Piauí mostra um destino que é uma boa pedida. É a cachoeira da Bica, que fica a 127 km de Teresina, já em Jatobá do Piauí. 

Pretendendo viajar? Clique aqui e receba ótimas dicas de malas e mochilas

#Qual a localização

A cachoeira da Bica fica a 43km da zona urbana de Campo Maior, mas já compreendendo a área do município de Jatobá do Piauí. Ela está localizada, mais precisamente, no povoado Alto do Meio, na fazenda Bela Vista, que apesar de estar numa propriedade privada o acesso é liberado, desde que você respeite o meio ambiente, não deixando lixo no local e transitando em baixa velocidade, pois existem vários moradores próximos ao local.

Boa parte do trajeto é feito pela estrada asfaltada, que é a PI 115, sendo bem menor o caminho pela parte de estrada de terra, mas que está em boas condições.

Gosta de leitura? Conheça os 100 livros mais vendidos na Amazon

A estrada até a cachoeira não é sinalizada com placas indicativas, necessitando de informações de algum morador local para que você chegue até lá. Mas não se preocupe!  A equipe de viagens do Conheça o Piauí esteve lá para contar tudo para você e marcou todo o trajeto, com quilômetros, referências e dicas de acesso. É só acessar o GUIA: COMO CHEGAR ATÉ A CACHOEIRA DA BICA.

#Como é a cachoeira da Bica

Quem vê esse nome imagina que essa cachoeira seja algo que lembre um cano que jorre uns finos jatos d’água, ou seja, que lembre uma bica. Mas não é nada disso!

Dicas de presentes para a criançada neste fim de ano

São quase 30 metros de uma imponente queda d’água volumosa e tão branca que parece neve. Por quase quadradas formações rochosas e por raízes de plantas, ela desce velozmente formando, no período de cheia, que é entre janeiro e maio, quase uma gruta entre a água e as pedras. É só entrar e curtir a desse lugar pouco conhecido e desbravado.

#O que encontrar no ponto turístico

A cachoeira da Bica é cercada por uma paisagem que mantém sua flora, fauna e formações rochosas preservadas da ação do homem. Quem anda pelos arredores nem imagina que ali existe algo tão belo.

Construindo ou reformando? Dá uma olhada nessas dicas

Quem chega ao ponto onde está a cachoeira é recebido(a) por um “riachinho” em meio a um campo bem verde que se mistura com cactos e demais elementos da caatinga. A chegada é justamente pelo alto da queda d’água. Então é só andar um pouco pela esquerda que você verá de cima a água caindo. É uma imagem impressionante e de tirar o fôlego! Se você tem medo de altura, o conselho é não chegar próximo.

Atravessando o “riachinho”(é bem raso, é como se fosse uma passagem de água) e percorrendo uma pequena trilha à direita e que tem 120 metros, com uma descida repleta de pedras, algumas soltas e escorregadias, você entra no ambiente onde está propriamente a cachoeira para que você possa tomar um banho pela água quentinha dela, mas refrescante.

Gosta de relógios? Confira aqui essas novidades

A mata que emoldura a queda d’água é bem fechada, com muitos galhos, ainda tem uma grande árvore tortuosa que parece mais um portal de entrada para a cachoeira. Tudo isso faz com que o ambiente seja pouco iluminado.

Além disso, inúmeras pedras compõem o local. Inclusive, no fundo das águas da piscina natural que se forma, há pedras de diversos tamanhos. Portanto, nada de dar pulos para mergulhar, pois é perigoso para isso. O local é para você sentar numa dessas pedras e receber quase que uma hidromassagem da queda d’água ou ficar mesmo mergulhado(a) nas águas. A sensação de ter o corpo e mente renovados é quase indescritível. Vale a pena essa imersão!

#O turismo na cachoeira da Bica

Para curtir toda essa conexão com a natureza, não há custo. A entrada é gratuita. Lá não há nenhum tipo de estrutura, portanto, se quiser passar o dia pelo local é levar alimentos, água e, claro, levando de volta o lixo.

Para quem quiser praticar rapel, o enorme paredão é ideal para isso. E para quem vai com a ideia de acampar, também é possível. No entanto, somente nos pontos ao redor da parte de cima da cachoeira. No ambiente em que propriamente ela está, não há essa possibilidade, pois, reiterando, é uma mata fechada e cheia de pedras.

Tem pet em casa? Confira aqui essas dicas

Esse ponto turístico guarda uma relação profunda com a natureza. Assim, tudo está em seu devido habitat. Portanto, pode ser possível encontrar alguns animais. Então é sempre bom manter uma atenção especial, tanto para seus próprios cuidados, como para que a relação homem-natureza seja a mais saudável possível.

Ficou com vontade de se aventurar por esse lindo e completo refúgio? A cachoeira da Bica é o lugar certo. E não esqueça, o GUIA: COMO CHEGAR ATÉ A CACHOEIRA DA BICA leva você sem erro até lá.

 

Fonte/Créditos: conheçaopiaui.com

Créditos (Imagem de capa): conheçaopiaui.com

Comentários:

Publicidade
Publicidade